Ser Brasil

BLOG SERBRASIL

Ser Brasilitária é ter a coragem de encontrar o Fio da Meada
Quem lê o mundo e o modo como se organiza, Ouve (através de encontros e conversas) e Vê de maneira aberta e sem pré-conceitos nunca está sozinho.

Ser Brasilitária é acreditar em primeiro lugar em si, nos seus sonhos, empreender e saber que logo ali, encontrará um mundo de possibilidades. Basta ousar e lançar-se ao mundo, saindo de trás dos muros, ir para rua, conversar com todos, seguir caminhos diferentes, trilhas incomuns, sinais, rumores e acima de tudo usar a intuição do que vem a ser a sua maior vocação. Descubra-se. Dispa-se de egos e vaidades. Disponha-se a ser um “pontinho” ligando-se a um outro e formando a grande rede do conhecimento solidário.

Flavia Wass Jornalista e idealizadora do projeto Brasilitária: O Fio da Meada É Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir.

Encontre o seu!


"A linguagem não é um simples acompanhante, mas um fio profundamente tecido na trama do pensamento." Linguista Dinamarques Louis Hjelmslev

APOIOS


Ajudando a tecer

Encontre o Fio da Meada: Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir forma indivíduos que reconhecerão as suas raízes, essências e organiza futuros empreendedores do seu saber. Contamos com apoios, parcerias e patrocínio de empresas empenhadas e comprometidas com a responsabilidade social e mais: é primordial, que contenham em sua filosofia empresarial paradigmas relacionados ao bem-estar humano, a alegria, a informação, a nossa origem brasileira, um significado e, acima de tudo, valorizando o que temos de melhor no País, o ser humano!

Formando a Teia para o Entusiasmo na caminhada

O projeto Fio da Meada: Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir busca atender a formação dos futuros trabalhadores, empreendedores, criativos seres humanos, preparados para um novo mundo de oportunidades, pois segundo pesquisa realizada, isolados em instituições de ensino e preocupados com o "sucesso" individual, estão desconectados da realidade coletiva, colaborativa e solidária.


"Se pode dar somente um presente ao teu filho, que seja o entusiasmo." Bruce Barton

sábado, 30 de abril de 2011

Onde estão os suditos que eles pensam estar falando?

Publicação feita em ocasão do casamento príncipe William e sua esposa, a "plebéia" Kate Middleton .

OS CYBER SPACE, SINTÉTICOS, CINGEM, CINDERELOS DO ANTES E DEPOIS



Ativos ou passivos. Platéia ou telespectador. Gordo ou magro. Velho ou moço. Alto ou baixo. Todos buscamos o prazer de sentir-se aceitos, satisfeitos e belos. Romper com o velho. Buscar o novo. 

Está escrito:

PROCURA-SE UM ESTILO
TODOS OS CORTES DE CABELO EXISTENTES PODEM SER CONSIDERADOS VARIAÇÕES DE QUATRO ESTILOS PRINCIPAIS: INGLÊS, FRANCÊS, JAPONÊS E ESPANHOL.


Aquela sessão que ronda nossas revistas, agora também na televisão. A brincadeira do banho de loja! Mudar tudo?
Questão de minutos para o sapo virar príncipe e a bela em fera.

Faça ao contrário.

Coragem!  Vá em frente.
Nossa Cinderela dos novos tempos vem sem carruagem, anda de trem, metrô, avião e valoriza cada tostão.   
Deixou o salto, ao pé da palavra, enfiou os pés no barro, foi de cabeça, dizem que faz um bem danado. Viva o ócio bem aplicado, uma preguiça bem aproveitada. 
Sabe que no outro dia é pura criatividade!
Tudo que você mudou e perdeu, recupere.               
Cor de cabelo, sobrancelha, unha cumprida ou postiça (apare as unhas e empurre a cutícula), esmalte somente incolor e transparente ou nada!                         
A mensagem é: abolir o que dá trabalho, o que consome tempo, dinheiro e acaba em frustração. Porque na maioria das vezes o resultado é horrível.       

Tem volta!                                                                                                 
Que leve seis meses um ano, dois, cinco.
Nada disto! O alívio é imediato. 
Você conecta com a sua origem, natureza, raça,
Cor, seus costumes, hábitos naturais.  
Sua transformação é buscar sua real essência. 
Um reaprender a ser nós mesmos.                                         
Um desprogramar condicionamentos pré-fabricados e estabelecidos por decreto familiar, social e educacional!  
Como um computador, delete tudo que é falso, aperte na tecla natural, original de fábrica e na tecla enter.

Bem-vindo ao mundo novo! 
                                                               
Um renascer. Parabéns!
Curta o que alguém lhe deu (quem sabe deus) com tudo que você tem direito. 
Certas palavras nos dão a dimensão exata da verdade.  Ele lhe deu e você quer mudar, ignorar?
"que Deus deu,  que Deus dá” (Gilberto Gil). 
Olhe!  Enxergue-se!                 
Já se olhou no espelho, hoje? Então, vá se enxergar...

(Texto criado para o curso: "Fio da Meada". Flavia Wass. Junho/1999.)