Ser Brasil

BLOG SERBRASIL

Ser Brasilitária é ter a coragem de encontrar o Fio da Meada
Quem lê o mundo e o modo como se organiza, Ouve (através de encontros e conversas) e Vê de maneira aberta e sem pré-conceitos nunca está sozinho.

Ser Brasilitária é acreditar em primeiro lugar em si, nos seus sonhos, empreender e saber que logo ali, encontrará um mundo de possibilidades. Basta ousar e lançar-se ao mundo, saindo de trás dos muros, ir para rua, conversar com todos, seguir caminhos diferentes, trilhas incomuns, sinais, rumores e acima de tudo usar a intuição do que vem a ser a sua maior vocação. Descubra-se. Dispa-se de egos e vaidades. Disponha-se a ser um “pontinho” ligando-se a um outro e formando a grande rede do conhecimento solidário.

Flavia Wass Jornalista e idealizadora do projeto Brasilitária: O Fio da Meada É Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir.

Encontre o seu!


"A linguagem não é um simples acompanhante, mas um fio profundamente tecido na trama do pensamento." Linguista Dinamarques Louis Hjelmslev

APOIOS


Ajudando a tecer

Encontre o Fio da Meada: Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir forma indivíduos que reconhecerão as suas raízes, essências e organiza futuros empreendedores do seu saber. Contamos com apoios, parcerias e patrocínio de empresas empenhadas e comprometidas com a responsabilidade social e mais: é primordial, que contenham em sua filosofia empresarial paradigmas relacionados ao bem-estar humano, a alegria, a informação, a nossa origem brasileira, um significado e, acima de tudo, valorizando o que temos de melhor no País, o ser humano!

Formando a Teia para o Entusiasmo na caminhada

O projeto Fio da Meada: Um Jeito Brasil de Ler, Ver e Ouvir busca atender a formação dos futuros trabalhadores, empreendedores, criativos seres humanos, preparados para um novo mundo de oportunidades, pois segundo pesquisa realizada, isolados em instituições de ensino e preocupados com o "sucesso" individual, estão desconectados da realidade coletiva, colaborativa e solidária.


"Se pode dar somente um presente ao teu filho, que seja o entusiasmo." Bruce Barton

sábado, 29 de maio de 2010

O Fio Mágico


As pergundas e respostas eram um desenrolar da minha própria “meada”, como num filme lembrei....
...quantos brasileiros criativos, talentosos e solidários estão solitários em seus projetos e iniciativas?Assim, pouco à pouco, o fio mágico foi tecendo aquele momento....e com uma carta em punho e anexada no meu e-mail, pois recém iniciava-se os movimentos com a internet e mudanças importantes ocorriam na comunicação e tecnologia....entender o "telelavoro" tornava-se imprescindível.


Florianópolis, 20 de dezembro de 2003.

Senhores,

Eu, Flavia Wasserman, na condição de jornalista, 37, sete anos em Florianópolis e trabalhando há anos com a Qualidade e Estética da Comunicação, fui contemplada com um convite para estudar na S3 Studium/Roma, desde o ano de 1999, convite este, feito pelo próprio professor e sociólogo Domenico De Masi...

In Euro

Com uma carta e esta introdução, percorri este caminho, de viver In Euro e em Roma. Mas, em uma das reuniões a fim de explicar este projeto, de cunho social, veio o lado prazeroso desta caminhada. A situação foi de jornalista para jornalista. Jornal A Notícia Joinville:
As pergundas e respostas eram um desenrolar da minha própria “meada”, como num filme lembrei.... dos cursos da “Casa de Cultura” em Porto Alegre”, no Instituto “Veneto”, em Santa Catarina, minhas primeiras turmas, as pessoas queridas e todo tipo de provação ultrapassadas pela força de uma verdade...quantos brasileiros criativos, talentosos e solidários estão solitários em seus projetos e iniciativas?Assim, pouco à pouco, o fio mágico foi tecendo aquele momento.